Adutora do Agreste receberá R$ 68,2 milhões do governo federal


O valor será suficiente apenas para pagar uma dívida acumulada com as empreiteiras. (Imagem: Reprodução)

O Governo Federal anunciou a liberação de R$ 68,2 milhões para a Adutora do Agreste. Projetada para receber água da Transposição do Rio São Francisco, a obra tem sido realizada em ritmo lente, devido à falta de liberação de recursos. Durante este ano, o governador Paulo Câmara participou de pelo menos três reuniões com o Ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, para cobrar repasses.

O valor liberado será suficiente apenas para pagar uma dívida de R$ 58 milhões acumulada com as empreiteiras. Com investimento de R$ 1,2 bilhão, a primeira etapa da obra tem 570 km de extensão e vai beneficiar 23 municípios. O presidente da Companhia de Saneamento de Pernambuco (Compesa) Roberto Tavares, afirmou que, sem um cronograma financeiro, é difícil planejar a obra.

“Se além desses R$ 68,2 milhões forem liberados outros R$ 100 milhões, conseguiremos concluir uma etapa da obra que poderá beneficiar 300 mil pessoas em oito municípios (Arcoverde, Pesqueira, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Caetano, Alagoinha e São Bento do Una) até março de 2018”, afirmou.

Os recursos liberados são provenientes de um total de R$ 126 milhões de Emenda da Bancada de Pernambuco, que vinha sendo pleiteada pelo governador do Estado ao Ministério da Integração.