Equipe do Ipem/Inmetro é detida em Caruaru


Os fiscais foram detidos por suspeita de corrupção. (Imagem: Divulgação/PRF)

Uma equipe do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) e do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) foi detida nesta quarta-feira (6), em Caruaru, por suspeita de corrupção passiva. Quatro fiscais foram flagrados recebendo dinheiro de um motorista de caminhão durante uma fiscalização no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com o órgão, alguns agentes observaram o condutor do caminhão entregar R$ 50 à equipe, após o veículo ser abordado. Após uma vistoria, os policiais rodoviários encontraram R$ 260 no porta-luvas do carro utilizado pelos fiscais, além de outros valores considerados suspeitos.

Segundo a assessoria da PRF, o motorista do caminhão confirmou que pagou o valor para evitar a fiscalização. Os quatro representantes do IPEM/Inmetro seguiram para a PF, que ficará a cargo das investigações.

Desde o início do ano, há uma parceria entre a polícia e o IPEM/Inmetro no posto de Caruaru para realizar fiscalizações de rotina nos motoristas que trafegam pela região.