Gerência de Proteção Animal responde reclamações de ouvintes da Rádio Cultura


Ouvintes reclamaram da falta de atendimento. (Imagem: Stephanie D’ávila/Rádio Cultura do Nordeste)

Nesta quinta-feira (16), o quadro Cultura do Povo, no programa Nova Manhã, da Rádio Cultura, recebeu denúncias de ouvintes em relação à Gerência de Proteção Animal (GPA). De acordo com Maria Amélia e Socorro, elas procuraram a entidade para prestar atendimento a duas cadelas que estavam gestantes, uma com filhotes mortos precisando ser operados e outra em trabalho de parto, mas foram informadas de que não haveria atendimento.

Em relação a essas reclamações, a GPA enviou uma nota informando que, mesmo não sendo dia de atendimento, a devida assistência não é negada.  No entanto, os procedimentos cirúrgicos deveriam ser realizados em clínicas particulares. Além disso, o texto também afirma que não é de conhecimento da Gerência que esta pessoa tenha procurado atendimento na data mencionada. A entidade relatou que os dias de atendimento médico veterinário são segundas, quartas e sextas-feiras, com distribuição de fichas a partir das 7h.

Como uma nova denúncia foi feita nesta sexta-feira (17), quando a ouvinte Marcela, de Lagoa de Pedra, afirmou que não teria conseguido atendimento para um cachorro que estava vomitando e sem comer, a Gerência enviou mais esclarecimentos.

Confira na íntegra:

  1. São distribuídas 10 fichas por dia de atendimento, a partir das 7h, após a distribuição destas fichas, APENAS em casos de urgência o animal será avaliado e, se confirmada a urgência, será realizado atendimento;

  2. Tutores que não conseguirem pegar ficha para o atendimento devem retornar no próximo dia de atendimento;

  3. O horário de funcionamento da GPA é de 7h às 13h;

  4. Para retirar a senha, a pessoa deve apresentar RG, CPF e COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA;

  5. Cada pessoa só poderá pegar uma senha e esta valerá para apenas um animal;

  6. A ordem de atendimento segue a da distribuição das fichas, porém os casos mais graves terão prioridade, estabelecida a partir de triagem;

  7. Animais adotados na GPA em dias de atendimento passarão pelo atendimento neste mesmo dia e terão prioridade, apenas no dia da adoção;

  8. Dentre as fichas distribuídas para atendimento estão incluídas 2 (duas) fichas disponibilizadas para atendimentos trazidos pelo SOS Animal, que obedeceram a ordem de chegada;

  9. Na GPA será realizado apenas atendimento médico veterinário devido limitações de recursos físicos e de pessoal, demais necessidades que por ventura possam existir, como aquisição de medicações, internamento, realização de exames e procedimentos cirúrgicos, ficam sob a responsabilidade do tutor do animal.