Homem é preso por relatar falsos ataques a bancos de Caruaru


O acusado confessou os trotes após ser preso. (Imagem: Reprodução)

Na última semana, um homem de 21 anos foi preso, em Caruaru, por passar trotes para a polícia, relatando falsos ataques a bancos. Após as ligações, viaturas policiais foram aos locais apontados, mas não encontraram nada.

Durante o último final de semana, o suspeito acionou a central telefônica do 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM) e informou que havia duas caminhonetes com vários elementos armados de fuzis e que parte da quadrilha estava colocando grampos em estrada. Além disso, o homem disse que o alvo seria possivelmente uma agência do banco.

No dia seguinte, o suspeito fez cerca de dez ligações para o celular funcional da viatura de Fazenda Nova, anunciando que havia três veículos com cerca de dez homens armados nas proximidades da Vila de Itaúna. A suposta quadrilha estaria transportando grampos e explosivos. O acusado também acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

De acordo com a PM, ao longo da semana, o homem passou a ameaçar mulheres por meio de ligações, utilizando o nome de um oficial do batalhão para extorquir as vítimas. De uma das pessoas, ele exigiu R$ 3 mil para que não realizasse uma revista na casa dela, prometendo plantar drogas para incriminá-la.

O acusado confessou os trotes após ser preso.