PAREDÃO 1.130: Justiça