Portaria que reajusta aposentadorias acima do mínimo é publicada


O texto também estabelece novas faixas de contribuição do INSS (Foto: Divulgação)

Segurados da Previdência Social que recebem acima do salário mínimo passam a ter o benefício reajustado em 2,07%, conforme portaria do Ministério da Fazenda publicada nessa quarta-feira (17) no Diário Oficial da União. Agora, o teto previdenciário passa a ser R$ 5.645,80.

O texto também estabelece novas faixas de contribuição do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de trabalhadores empregados, domésticos e avulsos. Os novos valores colocam 8% para os que ganham até R$ 1.693,72 e 9% para quem ganha entre R$ 1.693,73 e R$ 2.822,90. Para os que ganham entre  R$ 2.822,91 e R$ 5.645,80, o valor passa a ser 11%. As alíquotas passarão a ser recolhidas em fevereiro.
Ainda de Acordo com a Portaria, também terão o valor de R$ 954 os benefícios da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas), para a renda mensal vitalícia e para as pensões especiais pagas aos dependentes das vítimas de hemodiálise da cidade de Caruaru.