Senador propõe penas mais duras para motoristas alcoolizados


A solicitação foi feita pelo líder da Oposição no Senado, Humberto Costa. (Imagem: Roberto Stuckert Filho)

O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), propôs uma legislação mais dura contra os motoristas que forem flagrados dirigindo sob o efeito de álcool e seguirem conduzindo, enquanto o processo não for concluído.

“É hora de todos botarmos a mão na consciência e deixarmos de lado essa permanente mania de burlar a lei ao dirigir depois da ingestão de bebida alcoólica. É hora de todos abrirmos mão do risco de sermos assassinos e suicidas em potencial”, afirmou.

O parlamentar declarou que as estradas brasileiras vivenciam uma “guerra civil”, reforçando que, anualmente, R$ 56 bilhões são gastos com acidentes.