Falta de diálogo é a principal falha do governo Raquel Lyra, avalia Wolney Queiroz

O Secretário Executivo da Previdência Social participa do programa Mesa Redonda. (Foto: Karlla Oliveira)
O Secretário Executivo da Previdência Social participa do programa Mesa Redonda. (Foto: Karlla Oliveira)

O presidente estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e Secretário Executivo da Previdência Social, Wolney Queiroz, fez, nesta sexta-feira (7), uma avaliação dos primeiros seis meses do governo Raquel Lyra à frente do Estado. O ex-deputado federal afirmou que a gestão deixa muito a desejar. “Esses seis meses de Raquel, eu ainda estou aguardando pra ver resultados. Ela fala bem. Ela é boa de rede social. Agora os resultados ainda não apareceram. Eu acho que pra quem prometeu muito e pra quem falou muito do governo anterior, eu acho que Raquel, claramente, deixa a desejar.”, afirmou. Wolney Queiroz é o entrevistado de hoje (07) do programa Mesa Redonda, com César Lucena e Tavares Neto.

O Secretário Executivo da Previdência Social também acrescentou que a principal falha do governo estadual é a falta de diálogo, sendo uma gestão que apresenta um traço autoritário. “A falta de diálogo é uma coisa que tem sido uma marca. É um governo que tem um traço muito autoritário. […] o governo não consegue dialogar com a classe, não consegue dialogar com a assembleia, com os prefeitos, com os representantes das categorias dos funcionários públicos. É um governo que tem dificuldade do diálogo.”

Wolney ainda lembrou que votou em Raquel Lyra no 2º turno das eleições municipais de 2016 e pontuou que não é só crítico ao governo dela, pois sabe reconhecer quando um governante acerta. O pedetista também declarou que prefeitos que fazem pesquisas lhe revelaram que o atual governo estadual não é aprovado nos municípios.

Quando questionado a respeito da gestão Rodrigo Pinheiro, Wolney disse que a cidade continua sendo mal administrada, não se preparando para o futuro e sem nenhuma obra estruturadora. Sobre os números apresentados pela prefeitura de caruaru na última quarta-feira (5) sobre o São João 2023, ele disse que são números superdimensionados e fora da realidade. “Tem que fazer São João bom com pouco dinheiro, sem a prefeitura gastar”, afirmou. O ex-deputado enfatizou ainda que seis grandes obras que estão sendo feitas em Caruaru, começaram com um investimento na ordem de R$15 milhões, realizado por ele e acordado com a então prefeita Raquel Lyra. De acordo com ele, as obras são a estrada de Pau Santo, o acesso ao Alto Do Moura e a Serra Dos Cavalos, as ruas A6 do bairro das Rendeiras, Pedro Guarda no bairro Severino Afonso e a rua Marinalva Elias no bairro São José. Ainda sobre o tema, Wolney disse que o prefeito Rodrigo Pinheiro não cita o seu nome, fala como se as obras fossem apenas de investimento por parta da prefeitura.

Compartilhe

Destaques

Veja Mais