Médico é preso suspeito de importunação sexual contra pacientes em Caruaru


O suspeito negou as acusações. (Imagem: Pixabay)

Um médico radiologista de 54 anos foi preso por importunação sexual em Caruaru, nesta terça-feira (9). De acordo com as vítimas, o médico as apalpou durante a realização de exames. O suspeito negou as acusações. Ele teve a prisão preventiva decretada e posteriormente será transferido para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza.

Segundo a Polícia Civil, a investigação iniciou depois de uma vítima comparecer à delegacia denunciando o médico por ter praticado atos libidinosos contra ela durante a realização de um exame de ultrassom pré-operatório. Após tomar conhecimento do fato, a polícia instaurou um inquérito para apurar as circunstâncias. 

A Polícia Civil informou que foram identificadas duas vítimas, tendo uma sido assediada em outubro do ano de 2016 e a outra em setembro de 2020. O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) afirmou que instaurou uma sindicância “ex-offício” para apurar a situação. 

Por Sarah Rêgo – 10/02/2021