Pernambuco eleva coberturas de vacinação através de mobilização em escolas 

Em dezembro, a cobertura vacinal da tríplice viral chegou a 95% (Imagem: Divulgação)
Em dezembro, a cobertura vacinal da tríplice viral chegou  a 95% (Imagem: Divulgação)
Em dezembro, a cobertura vacinal da tríplice viral chegou a 95% (Imagem: Divulgação)

Estudantes de duas mil escolas de Pernambuco têm recebido, desde março do ano passado, equipes de vacinadores, com a iniciativa voltada para oportunizar a crianças e adolescentes em idade escolar, o acesso a cerca de 20 imunobiológicos diferentes do Calendário Nacional de Vacinação em Pernambuco. Conforme a Secretaria de Saúde de Pernambuco, a articulação já mostra resultados. Em 2022, a cobertura vacinal para tríplice viral (1ª dose) era de 80,3% e já em janeiro deste ano este percentual está em 95%.

Outro imunizante que ultrapassou a marca dos 90% de cobertura foi a vacina pentavalente com 92,2%. O mesmo aconteceu com poliomielite que estava em 91,8% em janeiro deste ano. O alcance do patamar de 90% também aconteceu com a vacina pneumocócica, que chegou ao alcance de 90,2%.  Com mais de 80% de cobertura vacinal, em 2024, destacam-se ainda pneumocócica rotavírus humano (88,4%), meningocócica C e DTP.

Para retomar as altas coberturas vacinais em Pernambuco foram desenvolvidas ações nas escolas de promoção da vacinação que resultaram em 70.908 doses aplicadas, de março a dezembro de 2023. Todas as atividades foram realizadas na última semana de cada mês em escolas públicas estaduais e municipais. A iniciativa terá seguimento neste ano de 2024.  Conforme informações do Programa Estadual de Imunizações, todos os municípios pernambucanos realizam a vacinação de meninos e meninas dentro do ambiente escolar nesta semana. Cerca de 400 escolas estão envolvidas nas atividades.

Por Maria Eduarda Rodrigues

Compartilhe

Destaques

Veja Mais