Pernambuco prolonga prazo de inscrições para editais da Lei Paulo Gustavo

O objetivo é possibilitar que os agentes culturais tenham mais tempo para submeter seus projetos (Imagem: Divulgação)
O objetivo é possibilitar que os agentes culturais tenham mais tempo para submeter seus projetos (Imagem: Divulgação)
O objetivo é possibilitar que os agentes culturais tenham mais tempo para submeter seus projetos (Imagem: Divulgação)

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura, prolongou o prazo de inscrições para os 12 editais da Lei Paulo Gustavo,com valor total disponível de R$100,1 milhões. As inscrições dos que antes encerrariam dia 5 de setembro, ficarão abertas até o dia 11; no caso dos editais com inscrições inicialmente previstas para encerrarem no dia 6  prazo foi estendido até o dia 12; e os que iriam terminar dia 8 de setembro foram prorrogados até o dia 13. Os agentes culturais podem submeter seus projetos, dentro desses prazos, na plataforma eletrônica do Mapa Cultural de Pernambuco. Ao todo, em Pernambuco devem ser contemplados mais de dois mil projetos, elaborados tanto por pessoas físicas quanto jurídicas.
A Lei Paulo Gustavo tem como objetivo o fomento à cultura, um dos setores que mais sofreram com a pandemia da Covid-19, além de ser uma homenagem ao ator Paulo Gustavo, artista símbolo da categoria vitimado pela doença. Para todo território nacional, serão disponibilizados R$3,862 bilhões para a execução de ações e projetos. Em Pernambuco, a LPG ainda vai destinar R$84,8 milhões para serem executados pelas prefeituras. Assim, Pernambuco receberá, ao todo, quase R$185 milhões. O Governo estadual tem até o dia 31 de dezembro para executar todo o cronograma financeiro dos projetos selecionados nos editais.

Por Maria Eduarda Rodrigues

Compartilhe

Destaques

Veja Mais