Aposentadoria sofrerá mudanças nas regras de transição em 2021


As mudanças de transição só se aplicam para quem está perto de se aposentar. (Imagem: Edvaldo Magalhães)

A partir de janeiro de 2021,  três das cinco regras de transição da aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passarão por mudanças. Os ajustes serão feitos no sistema de pontos, tempo de contribuição e idade. As mudanças de transição só se aplicam para quem está perto de se aposentar. 

De acordo com o INSS, o sistema de pontos será alterado de 87 para 88, no caso das mulheres, e de 97 para 98, no caso dos homens. Enquanto a regra de tempo de contribuição determinará, em 2021, que a idade mínima para se aposentar seja de 62 anos para os homens e 57 para as mulheres. 

A regra de aposentadoria por idade só será alterada para as mulheres. A idade mínima passa a ser de 61 anos, com um acréscimo de seis meses a cada ano, até totalizar, em 2023, 62 anos. A  idade mínima para os homens continua sendo de 65 anos. 

Por Sarah Rêgo – 14/12/2020