Teresa aponta ressalvas do PT em relação ao nome de Lessa para compor chapa com Zé Queiroz

A senadora também acredita que a Federação PT/PCdoB/PV irá eleger dois vereadores em Caruaru. 

(Imagem: Central de Produção Cultura)

O programa Mesa Redonda desta sexta-feira (21) contou com a participação da Senadora Teresa Leitão (PT), que falou sobre as movimentações no senado e as perspectivas do PT para as Eleições Municipais de 2024.  A senadora afirmou que o apoio da Federação formada por PT, PV e PCdoB a Zé Queiroz foi firmado após uma solicitação do PDT em ter apoio do partido para a pré-candidatura do ex-prefeito na cidade. “Nós tínhamos duas pré-candidaturas aqui. A de Rosa e a de Léo. O PT, caso não apoiasse Zé, ia chegar a um momento de definir quem seria o candidato caso a opção fosse  por candidatura própria (…) Com a reivindicação do PDT, que foi feita nacionalmente, de que Caruaru se assemelha a uma capital para eles, isso foi colocado para Gleisi, nós abrimos mão da candidatura própria para apoiar Zé Queiroz”, disse. 

Já em relação a vaga de vice, Teresa declarou que o PT não vai pressionar a escolha, mas que há ressalvas sobre o nome de Lessa. “Nós não vamos responder pelo perfeito, né? Nós não vamos deixar de apoiar, mas o comando da campanha tem que pensar muito”, disse. Ela também acredita que a Federação PT/PV/PCdoB irá eleger dois vereadores em Caruaru. 

Sobre os planos do partido para eleições futuras, a senadora afirma que o plano central do partido é reeleger Lula em 2026. “O nosso objetivo principal é reeleger o presidente Lula (…) Reeleger este projeto que Lula encabeça, dar continuidade a essas políticas públicas, incluir o pobre no orçamento (…) Então o nosso plano central é reeleger esse projeto e estamos trabalhando diariamente para isso.”, declarou

Confira a entrevista na íntegra: 

https://www.youtube.com/live/r8nwOTcwrf4?feature=shared

Compartilhe

Destaques

Veja Mais