Anvisa confirma primeiro caso de Candida Auris em Pernambuco


Ainda há outros dois casos em investigação, incluindo uma morte. (Imagem: SCIENCE PHOTO LIBRARY)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou, nesta quarta-feira (12), o primeiro caso de Candida Auris em Pernambuco, em um paciente atendido no Hospital da Restauração, em Recife. Além deste caso, há outros dois suspeitos em investigação laboratorial, entre eles, uma morte. O “superfungo”, como está sendo chamado, é resistente a medicamentos e pode ser fatal.


De acordo com a Anvisa, o caso confirmado é de um homem de 38 anos. Os outros suspeitos são um idoso de 67 anos e uma idosa de 70 anos, que morreu no último dia cinco de janeiro. Os exames de urina de ambos os pacientes foram encaminhados para os Laboratórios Centrais de Pernambuco e da Bahia. Conforme a agência reguladora de saúde, a forma de transmissão do “superfungo” ainda é desconhecida.

Por Daniel Nascimento – 13/01/2022