Comitê recomenda proibição de festas de final de ano e Carnaval


Grupo avalia que Pernambuco apresenta indicadores de riscos pandêmico e epidêmico. (Imagem: Julio Freitas/SEIC)
Grupo avalia que Pernambuco apresenta indicadores de riscos pandêmico e epidêmico. (Imagem: Julio Freitas/SEIC)

O Comitê Científico do Consórcio Nordeste, que reúne governadores da Região, recomendou a proibição de festividades de final de ano e do Carnaval, além de medidas para intensificar a vacinação contra a Covid-19.

A recomendação alerta para o aumento do quadro da pandemia, nos cenários global e nacional, além das incertezas provocadas pelo surgimento de novas variantes da doença.

Sobre a situação de Pernambuco, o comitê avalia que o Estado apresenta indicadores de riscos pandêmico e epidêmico de moderado a alto. A ocupação de UTIS está em 49.27% e com estabilização da demanda de quantidade de leitos total e cobertura vacinal.

Segundo o grupo, “ainda não existem argumentos com base científica para quaisquer atividades presenciais que gerem aglomerações que invariavelmente violam os protocolos de segurança sanitária”.

O documento divulgado pelo comitê também relembra que a Academia Pernambucana de Ciências, a Academia Pernambucana de Medicina e o Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco se posicionaram oficialmente contra a realização de festas de final de ano e, principalmente, do carnaval.

Por Karlla Oliveira – 04.12/2021