Em dois meses, 437 cartões LEVA são bloqueados em Caruaru


A AETPC tem intensificado as ações de fiscalização do serviço. (Imagem: Reprodução)

A Associação das Empresas de Transportes de Passageiros de Caruaru (AETPC) tem intensificado as ações de fiscalização do cartão LEVA. De acordo com a empresa, 437 bloqueios automáticos foram realizados nos últimos dois meses, devido ao uso indevido do cartão.

Os bloqueios acontecem quando, ao passar na catraca, o sistema de biometria facial identifica que quem está utilizando o cartão não é o usuário cadastrado no sistema, e duram 48 horas. Após a interrupção, ao tentar passar pelo catraca, o usuário recebe uma mensagem de “Saldo Insuficiente”.

Desde a implantação do sistema de biometria nos ônibus de Caruaru, 4.167 cartões foram bloqueados por uso indevido. De acordo com a AETPC, o objetivo da ação é coibir o uso indevido dos cartões, com foco nos usuários inseridos na gratuidade e meia tarifa. A medida não é válida para os cartões comum e vale transporte.

Para regularizar a situação, é preciso comparecer ao posto de atendimento do LEVA, localizado no 3° piso do Shopping Difusora.