Fies adia para 2021 exigência de nota mínima na redação do Enem


A exigência deveria entrar em vigor ainda em 2020. (Imagem: Reprodução/Internet)

Nesta terça-feira (13) o Ministério da Educação (MEC) publicou uma portaria, no Diário Oficial da União, que adia para janeiro de 2021 a exigência de que participantes do Fundo de Financiamento Estadual (FIES) tenham nota igual ou superior a 400 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A exigência deveria entrar em vigor ainda em 2020. 

O Fies oferece vagas com juro zero para os estudantes que têm per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Enquanto o P-Fies oferta um empréstimo com juros baixos, destinado aos alunos que têm renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.

Por Sarah Rêgo – 14/10/2020