Taxa de desemprego chega a 14,2% em novembro, aponta IBGE


Aumento é o maior da série histórica da pesquisa PNAD Covid-19 iniciada em maio. (Imagem: Agência Brasil)

O desemprego diante da pandemia de Covid-19 bateu novo recorde em novembro, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o levantamento, o Brasil encerrou o mês de novembro com um contingente de 14 milhões de desempregados, aumento de 2% frente a outubro (13,8 milhões), e de 38,6% desde maio (10 milhões), quando começou a série da pesquisa. Com isso, a taxa de desemprego ficou em 14,2% em novembro, ante 14,1% no mês anterior e 10,7% em maio.

Os dados são da última edição da PNAD Covid-19, lançada neste ano pelo IBGE para identificar os impactos da pandemia no mercado de trabalho e para quantificar as pessoas com sintomas associados à síndrome gripal no Brasil.

Desemprego em Pernambuco

A pesquisa também apontou a taxa de desocupação, em Pernambuco, passando de 17,1%, no mês de outubro, para 17,9% em novembro. De acordo com o IBGE, essa foi a sexta maior porcentagem do país, atrás dos estados do Maranhão, Amapá, Bahia, Sergipe e Amazonas.

Por Patriota Jr – 23/12/2020